30 setembro 2010

Mania...

 Escrevo em qualquer lugar. Num bloco, num papel de bala, em minhas mãos, nas mãos dos outros, em mesas, atestados, agendas, provas, endereços. Quase tudo meu é rabiscado. Escrevo em qualquer coisa. Escrevo qualquer coisa; um verso de música, um nome de música, o nome de quem canta alguma música, um soneto, algo que acabo de ouvir, bordões, nomes de lugares, nomes que gosto, meu nome, e, por vezes, até a maioria dos textos que eu costumo divulgar. Não tem lugar. Não tem hora. Não tem nenhuma definição. É algo tão imprevisível quanto a minha vontade de escrever. É somente maior do que eu.

29 setembro 2010

A Voz Do Silêncio

Pior do que a voz que cala,
é um silêncio que fala.
Simples, rápido! E quanta força!
Imediatamente me veio à cabeça situações
em que o silêncio me disse verdades terríveis,
pois você sabe, o silêncio não é dado a amenidades.
Um telefone mudo. Um e-mail que não chega.
Um encontro onde nenhum dos dois abre a boca.
Silêncios que falam sobre desinteresse,
esquecimento, recusas.
Quantas coisas são ditas na quietude,
depois de uma discussão.
O perdão não vem, nem um beijo,
nem uma gargalhada
para acabar com o clima de tensão.
Só ele permanece imutável,
o silêncio, a ante-sala do fim.
"É mil vezes preferível uma voz que diga coisas
que a gente não quer ouvir,
pois ao menos as palavras que são ditas
indicam uma tentativa de entendimento."
Cordas vocais em funcionamento
articulam argumentos,
expõem suas queixas, jogam limpo.
Já o silêncio arquiteta planos
que não são compartilhados.
Quando nada é dito, nada fica combinado.
Quantas vezes, numa discussão histérica,
ouvimos um dos dois gritar:
"Diz alguma coisa, mas não fica
aí parado me olhando!"
É o silêncio de um, mandando más notícias
para o desespero do outro.
É claro que há muitas situações
em que o silêncio é bem-vindo.
Para um cara que trabalha
com uma britadeira na rua,
o silêncio é um bálsamo.
Para a professora de uma creche,
o silêncio é um presente.
Para os seguranças de um show de rock,
o silêncio é um sonho.
Mesmo no amor,
quando a relação é sólida e madura,
o silêncio a dois não incomoda,
pois é o silêncio da paz.
O único silêncio que perturba,
é aquele que fala.
E fala alto.
É quando ninguém bate à nossa porta,
não há emails na caixa de entrada
não há recados na secretária eletrônica
e mesmo assim, você entende a mensagem
Martha Medeiros

27 setembro 2010

O amor é mais amizade

No amor não existe regra, cada história é uma história, cada um ama de um jeito diferente, mas o certo é que quanto mais próximos estivermos de alguém, ou seja, quanto mais afinidade e propósitos de vida semelhantes tivermos, eis a pessoa certa para se construir um relacionamento (eu disse construção de relacionamento e não construir a vida, pois vida cada um tem a sua e a constrói do modo como lhe convém!).
O Teatro Mágico tem uma frase que todo o mundo já conhece e que diz tudo sobre afinidades, seja amorosa, seja de amizade: "Os opostos se distraem. Os dispostos se atraem".
E é exatamente isso, você pode até ficar anos com alguém que te dá tesão, mas escolher ficar com essa pessoa até que a morte os separe é ilusão. Não dá certo, o amor sempre é um complemento do sentimento que veio antes, a amizade.
Dá para ter tesão pra sempre por uma pessoa que você não admira?
Dá para sentir amor por alguém que não te acompanha num filme cult, happy hour ou numa caminhada e nem te deixa ir sozinho nesses eventos que você tanto gosta?
Liberdade, companheirismo, respeito, admiração e muito tesão, é isso que faz dar certo.


Está dando!! #sopensamentossoltos

26 setembro 2010

Esperável

"É difícil me iludir, porque não costumo esperar muito de ninguém. Odeio dois beijinhos, aperto de mão, tumulto, calor, gente burra e quem não sabe mentir direito. Não puxo saco de ninguém, detesto que puxem meu saco também. Não sei rir se não estou achando graça, não atendo o telefone se não estou com vontade de conversar. Tenho um lado que leva as coisas muito a sério. Eu pareço ser uma pessoa que não leva nada a sério. E o que me salva na minha vida é que eu não consigo levar esse meu lado sério tão a sério." kkkkk
Calma gente!! vi esse trecho nas minhas andanças pela net e achei tão... desesperador!?! E nada a ver comigo, pois me iludo fácil, espero mais do que o "esperável" (essa palavra existe?)... Soooo.

25 setembro 2010

Terapia

Ouvir música para mim é uma terapia - que me faz muito bem...


Quando eu pensei em fazer um blog (este) eu iria fazer de música, postar as letras e fazer meus comentários - apesar que não está muito distante disso (quase toda postagem tem um trechinho de alguma) hehehe! Daí eu pensei nos direitos autorais de cada artista e... não o fiz! Maaas, I loved music, e a música que eu ouço pode demonstrar meu estado de espírito... É isso.


♫Não vou viver como alguém que só espera um novo amor, há outras coisas no caminho onde eu vou, as vezes ando só, trocando passos com a solidão, momentos que são "meus" e que não abro mão, já sei olhar o rio por onde a vida passa sem me precipitar - e nem perder a hora, escuto no silêncio que há em mim e basta, outro tempo começou pra mim agora.
É... mas tenho ainda muita coisa pra arrumar, promessas que me fiz e que ainda não cumpri, palavras me aguardam o tempo exato pra falar, coisas minhas - talvez você nem queira ouvir...
Vou deixar a rua me levar!!!♫                                                                      
Ana Carolina

23 setembro 2010

Fênix

Eu!
Prisioneiro meu
Descobri no brêu
Uma constelação...
Céus!
Conheci os céus
Pelos olhos seus
Véu de contemplação...
Deus!
Condenado eu fui
A forjar o amor
No aço do rancor
E a transpor as leis
Mesquinhas dos mortais...
Vou!
Entre a redenção
E o esplendor
De por você viver...
Sim!
Quis sair de mim
Esquecer quem sou
E respirar por ti
E assim transpor as leis
Mesquinhas dos mortais...
Agoniza virgem Fênix
O amor!
Entre cinzas arco-íris
Esplendor!
Por viver às juras
De satisfazer o ego mortal...
Coisa pequenina
Centelha divina
Renasceu das cinzas
Onde foi ruína
Pássaro ferido
Hoje é paraíso...
Luz da minha vida
Pedra de alquimia
Tudo o que eu queria
Renascer das cinzas...
E eu!
Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
E a dor revela a mais
Esplêndida emoção...
O amor!
Quando o frio vem
Nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
A luz da escuridão
E a dor revela a mais
Esplêndida emoção...
Flávio Venturini / Jorge Vercilo

22 setembro 2010

Esperança...

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...
(Mário Quintana)

20 setembro 2010

Responsável...eu!

Os homens esqueceram a verdade, disse a raposa.
 Mas tu não a deves esquecer...
"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo 
que cativas."
(Trecho do livro O Pequeno Príncipe)

19 setembro 2010

Estou um chips murcho hoje! Me deixa...

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão
Enfim


Volto ao jardim
Com a certeza de que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim


Queixo-me às rosas, mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti


Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
Por fim
Cartola
***
#sótristeza #vaipassar

16 setembro 2010

AAAi a Flórida!

Depois que falei de Cougar Town lembrei que gosto muito de ver o estilo floridense, e a Flórida (não me desfazendo do nosso belo país, com suas praias exuberantes, fauna, flora magníficas e O BRASILEIRO que juntos o faz ser maravilhoso... tema para outro post! kkk) ahhh, a Flórida é linda né?!? Parece que os corpos estão sempre dourados, o clima parece ser bem caliente (anrre me lembrei do México agora - tema para outro post!) e aqueles coqueiros à beira da praia... #tudoqueeuqueria.

"A Flórida ou Florida é um dos 50 estados dos Estados Unidos da América, localizado na Região Sudeste do país. A principal fonte de renda da Flórida é o turismo. O estado é conhecido mundialmente por suas diversas atrações turísticas, que atraem anualmente mais de 60 milhões de turistas, vindos de outros Estados americanos e de outros países. Estas atrações incluem inúmeras praias, que aliados ao clima relativamente ameno o ano inteiro, atraem milhões de turistas americanos e canadenses no inverno, o Walt Disney World (muitas vezes chamada incorretamente de Disneylândia, uma vez que este termo se aplique ao parque temático da Disney em Anaheim, Califórnia), e o Cabo Canaveral. Outras fontes de renda importantes do estado são o cultivo de laranja - quase todo o suco de laranja americano é produzido na Flórida - finanças e a indústria aeroespacial."                                                                       Fonte: Wikipédia



Eu querooooooooo ir!!!

Detalhe: estava buscando as imagens para postar aqui e achei esse site: culturalcare.com.br, na verdade o Cultural Care Au Pair é um programa de intercâmbio, mas ai no site dá pra conhecer um pouquinho de cada lugar. Eu adoro conhecer novos lugares e suas culturas - e além do mais têm tudo a ver com a minha área. Hehehe.

14 setembro 2010

Cougar Town

Ainda falando da minha grande paixão por Friends - Ross, Rachel, Phoebe, Chandler, Mônica e Joey - ultimamente ando fã assídua de Cougar town com Courtney Cox (Mônica) hihihi. Gente se eu for dedicar um post para cada seriado que me vicio na TV tá difícil viu (até que não seria uma má idéia)... e haja posts viu, se preparem!!!
"Cougar Town mostra a história de Jules Cobb (Courtney Cox), uma quarentona que se casou e foi mãe aos 20 e poucos anos, vive com o filho - Travis (Dan Byrd) - em uma pequena cidade da Flórida, onde a única coisa interessante é a equipe de futebol americano da escola local: os Cougars. Jules insiste em não cair no clichê de se deixar seduzir pelos jovens esportistas (desesperadamente se recusa a ser uma dessas predadoras, mas com um divórcio e 40 anos de idade em suas costas, ela está procurando mais agitação em sua vida). Porém, os homens disponíveis em sua faixa etária como o vizinho Grayson Ellis (Josh Hopkins) parecem estar interessados apenas em namorar garotas que acabaram de atingir a maioridade. Ajudada por sua melhor amiga, a bem-casada e irreverente Ellie (Christa Miller), e por sua determinada e louca assistente Laurie (Busy Philipps), Jules relutantemente mergulha novamente no mundo dos relacionamentos amorosos. Jules se transformará na mãe-modelo para os amigos de seu filho e terá que lidar com todas as dúvidas, conflitos e divertidas situações que surgirão."

Gente é engraçado demais, assistam... 
Detalhe: A Lisa Kudrow (Phoebe) já fez participação especial - na 1ª temporada - e tchãtchãtchã!!!!Agora na 2ª temporada Jennifer Aniston (Rachel) vai fazer participação too! Iêêi!! Vai ao ar semana que vem nos EUA (22/09), aqui no Brasil ainda está sem data prevista, mas, é falta garantida na faculdade. Hehehe.
Fotinha adiantada da Aniston em Cougar Town!!!
Em casa, "quando" eu tenho domínio sob o controle remoto (que é difícil)Rs... os dedinhos só digitam 44 e 49 (Warner e Sony...kkk).

Toda Quinta às 21:00 têm estréia (episódios fresquinhos) e as reprises são na Sexta 00:00, Domingo 09:30 e 18:30 e Segunda 00:30... lembrando que o canal é o 49 Sony.

Xoxo!

12 setembro 2010

Hope!?!

Hello people!!
Essa semana eu estava vendo uma "passeata" de um candidato à uma vaga na câmara de deputados - que fique bem claro que esse post não é criticando fulano, sicrano ou beltrano, porque coisas que "euzinha odeio" é debater ou mostrar minha erudição aos temas política e religião... Cada um acredita no que lhes é favorável nãum ém!!... Então, vendo a passeata eu levantei uma dúvida no mais íntimo de mim (kkk, ô eu filosofando aqui - Frege que me aguarde!) ao ver uma cena interessante (mas que na verdade todos os candidatos em época de eleição fazem - para acrescentar votos), o dito cujo parou e falou com um senhor que trabalha nesses carrinhos que vende milho, mugunzá, e afins, na rua, poxa! Aquilo me chamou muito atenção (não que aquele senhor não seja digno de receber um aperto de mão de quem seja - aliás, ele merece mais do que muita gente...Vou deixar essa linha de pensamento pra outro dia)... Mas, (eis a minha indagação) será que existem "mesmo" aquelas pessoas que entram na política em função do POVO, em função de ver uma melhora, e não  para arranjar um emprego ou apenas em função própria? Será que aquele candidato, se eleito, vai pensar em melhorar a qualidade das escolas - do ensino, para que o filho daquele senhor tenha um futuro bom e que dê orgulho ao seu pai? Acredito, e espero com a maior das esperanças que existe em mim que nossos governantes vejam o quão deficiente é nossa educação - falo como aluno, como professora, e como membro da sociedade - porque a educação é a nossa maior preciosidade... Não queria alongar a conversa tanto assim, mas já que aconteceu deixa eu comentar sobre outro fato, a alguns dias atrás tinha um outro candidato na frente da faculdade distribuindo seus panfletos aos estudantes, só que ao contrário do "da passeata" este estava sozinho (sem aquelas pessoas que erguem as bandeiras, sem aqueles que lhe acompanham na caminhada, sem carros de som), a aparência dele era de uns 50 a 55 anos, não sei descrever o sentimento que tive naquele momento (sou tão "assim" com gente mais velha - idosa), fiquei com uma vontade enorme de puxar conversa com ele e ver quais as intenções dele na política, será que já era a minha indagação lá de cima aflorando? Rsrs. So, is this. "Eu voto na educação

Xoxo!

11 setembro 2010

It's true...


"não há nada como ficar em casa para um verdadeiro conforto" - "Ainda" Jane Austen =D

Xoxo!!

10 setembro 2010

Camiseta simples traz a linda declaração feita por Mr. Darcy

“In vain have I struggled.
It will not do.
My feelings will not be repressed.
You must allow me to tell you how ardently I admire and love you.”



(Mr. Darcy, *Orgulho e Preconceito)


Tradução: "Em vão tenho lutado comigo mesmo; nada consegui. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e preciso que me permita dizer-lhe que eu a admiro e amo ardentemente."

Hounn! Tem como não se derreter com uma declaração de amor dessas??

A camiseta custa 22 dólares. #euquerooooo


*Orgulho e preconceito é um romance de Jane Austen - escritora britânica, e apesar da história se ambientar no século XIX, tem exercido fascínio mesmo nos leitores modernos... E eu super indico (livro e filme)!!!


Xoxo!!!

09 setembro 2010

Senhas

Depois da insatisfação crônica uma música que a acompanha muito bem...

Eu não gosto do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto
Eu aguento até rigores
Eu não tenho pena dos traídos
Eu hospedo infratores e banidos
Eu respeito conveniências
Eu não ligo pra conchavos
Eu suporto aparências
Eu não gosto de maus tratos
Mas o que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto
Eu aguento até os modernos
E seus segundos cadernos
Eu aguento até os caretas
E suas verdades perfeitas
O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto
Eu aguento até os estetas
Eu não julgo competência
Eu não ligo pra etiqueta
Eu aplaudo rebeldias
Eu respeito tiranias
E compreendo piedades
Eu não condeno mentiras
Eu não condeno vaidades
O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Não, não gosto dos bons modos
Não gosto
"Eu gosto dos que têm fome
Dos que morrem de vontade

Dos que secam de desejo
Dos que ardem"

Adriana Calcanhoto

#100maisdelongas

08 setembro 2010

Insatisfação crônica!?! Argh!

Eu quero conhecer o mundo, não quero largar a minha família nem por um segundo, quero uma filha, quero ouvir música sozinha, quero alguém para dividir a coberta, quero ser simples, quero ser rica, quero ser meio "rockeira-fotógrafa-folkie-neo-übber-indie-realista."


Eu quero me divertir, eu quero te divertir, quero silêncio, quero risada de criança, quero uma banheira enorme, quero ter sossego e ter sucesso.

Quero morar sozinha, quero tomar café da manhã todos os dias com toda a minha família. Eu quero costurar, quero desenhar, pintar, moldar, trocar de carro, fazer a unha, fazer um MBA, ter um ateliê, ficar com meu carro, comprar sapato, arranjar uma religião, beber mais leite, tomar mais Sol, usar protetor solar, tomar Schweppes gelada.

Eu quero ouvir Radiohead (rock alternativo), Carlos Dall'anese (tecno), Strokes (rock inglês - estilo Beatles), Madeleine Peyroix (gótico)... Ao mesmo tempo.

Eu quero tudo que me falta.
E é esta a resposta.
É isto que me faz acordar todos os dias.
O mundo é movido pelo que te falta.
O mundo é a mais pura fome e sede juntas.

#EU QU_RO TUD_ QU_ ME F_LTA

Excelente filme

07 setembro 2010

I'll Be There For You - Música tema de Friends


So no one told you life was gonna be this way
Your job is a joke, you're broke, your love life's D.O.A.
It's like you're always stuck in second gear
When it hasn't been your day, your week, your month, or even your year, but...

I'll be there for you (when the rain starts to pour)
I'll be there for you (like I've been there before)
I'll be there for you ('cause you're there for me too)

You're still in bed at ten
And work began at eight
You burned your breakfast, so far
Things are going great
Your mother warned you there'd be days like these
But she didn't tell you when the world has brought
You down to your knees that

I'll be there for you (when the rain starts to pour)
I'll be there for you (like I've been there before)
I'll be there for you ('cause you're there for me too)

No one could ever know me
No one could ever seem me
Seems you're the only one who knows
What it's like to be me
Someone to face the day with
Make it through all the mess with
Someone I always laugh with
Even at my worst, I'm best with you, yeah

It's like you're always stuck in second gear
When it hasn't been your day, your week, your month, or even
your year.

I'll be there for you (when the rain starts to pour)
I'll be there for you (like I've been there before)
I'll be there for you ('cause you're there for me too)

*Adoro, e é uma letra linda, bem realista.

Xoxo!

06 setembro 2010

Friends

Hah, gente depois do post passado, senti uma amargura no peito, fui falsa comigo mesma,,, como pode?!? I love so much Friends, e já perdi a conta de quantas vezes já assisti "cada" episódio das "10" temporadas - é isso aí, sou ruim de memória. Aiai, me lembro das primeiras vezes que eu e maridón pegávamos as temporadas na locadora para assistir, chegávamos em casa (muitas vezes em uma sexta-feira), colocávamos o colchão na sala (a Tv de lá era maior), eu fazia bacias de pipoca, deixava coca-cola e chocolates tudo a nossa disposição para não ter que levantar para fazer nada - hahaha, e começava a seção Friends, que delícia!!! "A simplicidade e o companheirismo são tudo". Aff, chorei demais, ri demais, e posso assistir o mesmo episódio 5 vezes que se eu ver novamente boolo de rir (sou péssima de memória mesmo), aiai e o marido já decorou até as falas, e não aguenta mais eu dizer: - Oun, não... deixa em Friends! kkk. E agora que começou a saga de filmes da Jennifer Aniston (Rachel)... haja paciência. Hehe.

*E o Matt LeBlanc (Joey) ficou tão lindo grisalão!!! - Bem que eles poderiam fazer a 11ª temporada!!! \o/

*Não vou mentir que eu adoraria ter vivido da forma que eles vivem na série... e dá uma "vontadezinha" bem grande de visitar o Central Park, tomar um cafezinho no Central Perk... Enfim #morrodeinveja

Que delícia...
Pode parecer besteira, mas esse cenário me traz muitas lembranças de situações da ficção parecidas com a minha realidade em cada época.
Apartamento da Mônica e Rachel
Apartamento do Joey e Chandler
Manhattan, New York (um dia eu visito =D)
Central Park

"Minha família é minha base, mas meus amigos me completam como se fossem parte da família também. Esse sentimento eu compartilho com o que é mostrado na série."



♪I'll be there for you (when the rain starts to pour)


I'll be there for you (like I've been there before)

I'll be there for you ('cause you're there for me too)♪