25 dezembro 2010

Músicas, poema e palavras repetidas

Hoje assisti ao show da Maria Gadu ao vivo no Multishow e por adorar música adoro estar o tempo todo descobrindo novos sons, novas vozes, enfim novas performances e a Maria tem um repertório maravilhoso, jovem, atual e antigo ao mesmo tempo - se é que vocês me entendem - e muito eclético... acho que já deu pra perceber que adorei né!?

Algumas das minhas preteridas foram Altar particular, que ainda teve a participação de Caio Soh com a sua liiinda poesia Nosso altar particular, e não resisti, lá vai:

"Há quem decore a vida na ponta da língua, outros rabiscam o próximo passo na ponta do acaso. Aqui, nessa estação, onde um outono instrumental inspira a queda das palavras, minha força escorre poemas pelo cedro desse palco, assim como meus pés cravam a fidelidade aos sonhos desses guris atrevidos que aqui brotarão virtuosos, aguerridos com seus estilingues de cordas vocais de nylon e de aço, apedrejando a covardia dos homens secretos a si. Fábula em partituras da Gata de Botas! Maria e seus Joões cantam o caminho de volta para o íntimo, hasteiam leves uma bandeira toda bordada de mocidade, doces rendas melódicas, ponto a ponto terras descobertas, a cada acorde um ensaio para acordar um moço jeito de existirSem a intenção de trocar de mundo, apenas unir quem não coube em sua acidez. Inventemos aqui, nesse solo fértil, veraneio da arte, palco do palhaço “ Randevu”, um baile de amigos em pleno velório do falecido monstro que cobria o horizonte de quem ama o que se pode serAqui jazz uma solidão ignorante. Naufragam agora todas as farsas escritas pelo cão. Dionísio, arauto de tudo que se une fantasticamente, abre alas desse concerto para os desconcertados se banharem. A partir de hoje uma nau de solidão navegará aliviada dos apegos impossíveis, e uma nova geração desvendará a ilha daqueles que sonham antes de dormir. Notas serão como uma leve pluma, lançadas ao vento com destino certo: afago no espírito, cócegas na alma, mimo na paz, inibir agonias, afrouxar todo o receio de ser devaneador. Na Rua do Acalanto, primeiro peito franco à direita, casa de janelas sempre abertas e dispostas ao novo, jardim de lindas rosas de espinhos prósperos, varanda ao infinito, mansão cor de legítimo coração, em frente ao público dessa nossa solidão. Ali a pena dançará e nenhuma câimbra na felicidade, nem faíscas de isolamento nos fará desistir de estarmos “todos juntos”.

* Leia e releia se assim for necessário para que se faça entender, é esplêndido!

...Lanterna dos afogados (Amo d+ e vou fazer um post só falando dela), Paracuti, A culpa, Linda rosa, Quase sem querer (sem comentários) e Quando você passa... ah, gente fala sério que vocês não aguentam mais me ver falar de Sandy e Junior! Nem eu 'guento' (de falar aqui), mas fazer o que se volta e meia paro neles? Fazer o que se faz tanto sentido à minha vida suas canções? #Drama! rs

♪Esse turu,turu,turu aqui dentro, que faz turu, turu, quando você passa, meu olhar decora cada movimento até seu sorriso me deixa sem graça, se eu pudesse te prender dominar seus sentimentos, controlar seus passos, ler sua agenda e pensamento, mas meu frágil coração acelera o batimento e faz turu, turu, turu, turu, turu, turu tu. Se esse turu tatuado no meu peito gruda e o turu, turu, turu, não tem jeito deixa sua marca no meu dia-a-dia nesse misto de prazer e agonia, nem estou dormindo mais, já não saio com os amigos, sinto falta dessa paz, que encontrei no seu sorriso, qualquer coisa entre nós, vem crescendo pouco a pouco e já não nos deixa sós, isso vai nos deixar loucos...Se é amor, sei lá...Só sei que sem você, parei de respirar e é você chegar pra esse turu, turu, turu, turu, vir me atormentar. Eu desisto de entender, é um sinal que estamos vivos, pra esse amor que vai crescer não há lógica nos livros e quem poderá prever um romance imprevisível com um turu, turu, turu, turu, turu, turu, tu.♪
¹ Essa música me lembra de uma desilusão, do início de uma paixão que virou amizade e depois virou amor... E que é parte de mim até hoje. Que cute! ...E é assim que surgem os poetas anônimos. Voilá!
² Queria falar da música palavras repetidas mas vai ficar pra outro post, senão esse ficará enooorme (e não já tá??) e ninguém terá paciência, mas deu pra entender de quais palavras repetidas me refiro né! Rs
³ Preciso confessar que quando gosto de um novo artista musical não paro de ouvi-lo até decorar, redecorar e entender todas as suas músicas, e a Maria já está na minha playlist. Hihihi
Xoxo!!!

3 comentários:

  1. Oi Simone,
    Obrigada por sua mensagem tão bacana!
    Desejo a você também um Natal de muita luz e um 2011 com muita saúde e realizações!
    Uma beijoca,
    Mirella

    ResponderExcluir
  2. Adorei as Palavras Traduzidas..sinta - se bem em me ver...apareça sempre e tome um Chá comigo...a propósito tb amo a Gadú...

    ResponderExcluir
  3. Amiga que deus traga muita paz, harmonia saude e felicidade pra vc e sua familia em 2011, bjs e obrigada por todo carinho sempre!
    Bjs Leila

    ResponderExcluir