26 fevereiro 2011

Você já foi à Baía da Traição (PB) nêga? Não? E à João Pessoa nêga? Não? Então vá, então vá!

Continuando...

No dia 26/01 saímos de Natal (RN) e paramos em Baía da Traição (PB) mais ou menos às 16:00hs, nos hospedamos na Pousada das Ocas, lugar maravilhoso, atendimento excelente, comida deliciosa e muito aconchegante. 
"Uma das versões para a origem deste curioso nome é a de que se refere à primeira expedição de exploração realizada pelo português Américo Vespúcio ao local, em 1501, quando três marinheiros teriam sido devorados por nativos, que antes os receberam amigavelmente." Daqui

Eis a vista antes do sol se pôr (o tempo estava um pouco fechado mas mesmo assim ainda estava lindo).
"A Baia da Traição é um dos núcleos de povoamento mais antigo da Paraíba. Começou a ser ocupada pelos normandos, liderados por Cristóvão Jacques, e ali fundaram uma feitoria visando o comércio do pau-brasil, abundante na região. No município de Baia da Traição está localizada a maioria das aldeias indígenas, que integram a Terra Indígena Potiguara. Estas aldeias estão sob a jurisdição da Fundação Nacional do Índio – FUNAI ." Daqui

Ao nos acomodarmos corremos pra onde? Pra praiaaa! rsrs. E terminamos a "sessão banho" na piscina tomando uma GELADA pra esquentar e pra eu perder o medo e aprender a nadar. Sim, eu não sei nadar!  Enchemos o bucho porque ninguém é de ferro e EU desmaiei de sono. Mas, no dia 27/01 madrugamos, como o cenário era maravilhoso tinha que sentar na primeira fila para ver o espetáculo do sol nascendo...
 ...E valeu muito a pena.
Achei muito interessante a Pousada das Ocas e tirei algumas fotos para mostrar à vocês. Cada oca mede cerca de 4 metros de diâmetro, tem uma divisão como se fossem 2 quartos, com cama de casal (feita sob medida), beliche, frigobar, split, Tv, chuveiro quente e conforto! Né incrível? Por fora parece tão pequeno!
Funciona um restaurante que serve não apenas aos hóspedes.
  E é de frente pra praia!!!=D
Essa cidade é riquíssima em fatos históricos, vale a pena dar uma pesquisada para conhecer um pouco mais e quem sabe nas próximas férias passar por lá! Fica a dica!

Saímos da Baía da Traição mais ou menos às 10:30 rumo à João Pessoa (PB),  essa foi a 3ª vez que tenho o prazer de visitar essa cidade maravilhosa, quem conhece sabe o que estou falando, é um lugar calmo, o povo de lá é muito acolhedor, sem falar nas paisagens! Aaaaai (que saudade).   
Lá nos hospedamos no Hotel  Cajú III (são vários hotéis, pousadas e flats do Grupo Cajú espalhados pela cidade),  já conhecíamos as instalações e o atendimento é excelente. Almoçamos e fomos ao mercado de artesanato pra variar. Mesmo já ido à João Pessoa nunca tínhamos ido ao famoso “Pôr do Sol ao som do Bolero de Ravel” (que acontece na Praia do Jacaré em Cabedelo, banhada pelo rio Paraíba) e resolvemos conhecer. 
É realmente um espetáculo e não me admiro de muitos me dizerem que se emocionaram ao assistir à esse pôr do sol. Vou ser sincera, não achei lá essas coisas, porque eu ouço normalmente o bolero de Ravel porém o pôr do sol é lindo sim... 
Mas, foi daí que percebi o quanto é importante valorizarmos nossa região, na ilha de Itamaracá (que falarei e mostrarei depois) presenciamos um belíssimo pôr do sol, um melhor exemplo, aqui na minha região, se você for à ponte Presidente Dultra (que liga Juazeiro – BA à Petrolina – PE) você verá uma coisa esplendorosa, o sol brilha lindamente nas águas do velho Chico, e como não temos Bolero de Ravel por aqui você pode levar seu ipod tocando Ciúme de Caetano. Rs. Espero que não me entendam mal, por favor, é que precisamos valorizar o que temos diariamente e muitas vezes passa despercebido. E o pôr do sol ao sol de Ravel, assim que tiverem oportunidade de ir dêem uma passada por lá, porque além de tudo foi um momento único! Foi com ele ao fundo que consegui minhas melhores fotos da viagem toda! ;)

À noite fomos à um rodízio de sopa, delicioso (além do pão acompanhava também tapioca ou bejú) só para esquentar da chuva e depois comemos na feirinha mais tapioca!  #Diatriste

E assim terminou mais um dia dessa viagem inesquecível. Continua...

Xoxo!!!

Este post pertence ao blog Palavras Traduzidas.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

* Obrigada por entenderem meu desabafo do post passado!

20 fevereiro 2011

Você já foi à Natal nêga? Não? Então vá, então vá! Parte II

Continuando...


Natal - RN

Passamos o dia 25 inteiro na praia, eu, louca pra ficar morena, rs, me acabando no sol pra ficar com aquele bronze que só o litoral nos proporciona! kkk
Já à noite fomos ao mercado de artesanato de lá (muuuuita coisa pra ver e pra comprar né! rs), jantar no shopping Midway Mall (o maior de lá) e a última parada em  um Drive-Thru (milkshake), e aja malhação pra perder as gordurinhas em excesso.

Árvore de natal linda, enorme e foto ruim! rs (é Natal o ano todo em Natal!)

No dia 26 fomos procurar um passeio de buggy para conhecer as praias mais famosas, ir às dunas e mais, mas, esse tipo de passeio é o dia inteiro e queríamos conhecer outros lugares e relaxar um pouco, coisa que no passeio de buggy seria inviável. Enfim, saímos em direção ao cajueiro (aquele que tanto falam! O maior do MUNDO!) e turista é assim mesmo, tudo quer fotografar (além de pagar cada mico!rs)...

Disseram que essa casa/castelo foi toda feita com material reciclado. Rica em detalhes.

Centro de Lançamento da Barreira do Inferno

"Conhecido simplesmente como Barreira do Inferno, é a primeira base da Força Aérea Brasileira para lançamentos de foguetes do Brasil, que foi criada em 1965. Está localizado na Rota do Sol no município de Parnamirim, a 12km de Natal, capital do estado brasileiro do Rio Grande do Norte. Nela se concentram operações de lançamento de foguetes de pequeno e de médio porte." Fonte: wikipédia

AT-26 Xavante

 Esse cajueiro é um espetáculo de grande... Acontecem muitas visitas diariamente e estava muito cheio e muito quente nesse dia (era uma quarta feira), por sorte tem muita sombra!

Você deve pagar uma taxa para entrar, e é muito bem cuidado, tem passarelas e uma escada para ter a vista geral.

Dá pra ter uma noção na foto acima, né? E ele já tomou uma via da avenida ao lado, e continua crescendo!

Saimos daí mais ou menos às 10:30 e fomos direto ao hotel pegar as malas e a estrada. 
Almoçamos em uma churrascaria na estrada e percebemos o quanto estávamos longe de casa devido ao R$ da carne de bode. Rs. Fomos em direção à Baía Formosa que fica à 95 Km de Natal (pesquisem no google, é lindo), mas não ficamos por não haver nenhum caixa eletrônico do BB por lá e por esquecermos de estar com dinheiro (O cúmulo) kkk. Fazer o que né? Seguimos para a Baía da Traição - PB (99 Km à frente), que na verdade entrou no roteiro da viagem antes da Baía Formosa. E que delícia... Chegamos mais ou menos às 16:00, foi facinho encontrar um hotel e adoramos tudo, não havíamos visto nada assim.

Continua...
Xoxo!!!

Este post pertence ao blog Palavras Traduzidas.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

14 fevereiro 2011

Vão em é amor algum?!

 Céu azul e os dois pés na água, aonde o mar acaba
O frio, a tarde, a solidão
Duas mãos vão rasgando as cartas, lavando as mágoas 
Assim é o amor em vão

Cada canção de amor abre a ferida
que não vê fim
Cada fração da dor,
agora é chuva, cai em mim
Mas tudo vai passar, como tudo passará.
(Os Paralamas do Sucesso)
É o que temos pra hoje! - "SÓ"

Você já foi à Natal nêga? Não? Então vá, então vá! Parte I

Continuando...

Saimos de Triunfo - PE mais ou menos  às 11:00hs do dia 24/01 rumo à Natal - RN... Como é bom viajar sem muitos planos, sem ter pressa, sem preocupação com a hora! Posso dizer que já estou com saudades? Rs.

Passamos por cidades tão pacatas e tão lindas. Fiz poucas fotos porque na maioria da estrada estava chovendo,  e fiquei maravilhada porque fomos por caminhos que não conhecíamos mas deu pra perceber a grande diferença entre regiões já que passamos por vários estados.

E eis a rota que fizemos.
A primeira parada (para almoço) ao sairmos de Triunfo foi em São José do Egito em Pernambuco ainda, e olha que interessante... (retirado do google)
A viajem foi bem tranquila, porém como estávamos sendo guiados pelo GPS ele nos levou para uma estrada de chão (para ele era o caminho menor), bem na divisa PE e PB e o que fez perdermos mais tempo que o esperado.
E como boa fotógrafa, turista e amante da natureza que sou (Rs) adoooro fotografar MATO. Irru! A foto abaixo foi retirada já no RN.
Abaixo é uma foto da cidade Parelhas no RN, hihihi, olha os enfeites de Natal, será que é porque estávamos chegando perto da cidade - Natal. *-*
Passamos o dia 24 todo viajando, chegamos à Natal mais ou menos às 20:00hs e como estávamos mortos de cansados dormimos em um Hotel" na entrada da cidade, também porque estava um congestionamento imenso na via de acesso ao centro.

No dia 25 acordamos cedo e seguimos para o centro e à procura de hotéis próximos à praias... Gente! Natal é lindo!! Nos acomodamos e claro que corremos pra praia (porque férias pra mim é sinônimo de praia! Rs).

Continua...
Xoxo!!!

Este post pertence ao blog Palavras Traduzidas.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

09 fevereiro 2011

Você já foi à Triunfo (PE) nêga? Não? Então vá, então vá!

Hello people!

A vida pós férias é um pouco turbulenta, a pessoa tem que acostumar com a rotina novamente... Tentei visitar todas em seus cantinhos, organizei muitas coisinhas por aqui e agora vou falar como foi minha viajem (tá bom que não foi tão chique como as viagens internacionais da Katia bonfadini, rs, mas tá valendo. Let's go!


Saimos de Juazeiro - BA rumo à Triunfo - PE dia 23/01 mais ou menos às 14 hs, chegamos lá a cerca de 18 hs... A viagem foi bem tranquila, passamos por cidades com a temperatura muito baixa em relação a nossa cidade e amei ver a névoa tomando de conta (o sertão não é só composto de calor tá vendo!), o trecho é muito bom até a entrada de Triunfo, após isso já fica um pouco esburacada e o acesso se resume de subida com curvas bem acentuadas (nada que um bom motorista não tire de letra).  Taí a prova do quanto subimos.
"Situado no Sertão do Pajeú e chamado de Oásis do Sertão, Triunfo está a 1260m de altitude e fica a 400km do Recife. Com temperaturas que variam entre 28ºC no verão e 5ºC no inverno, a cidade oferece aos visitantes casarios antigos, mirantes naturais, cachoeiras, engenhos artesanais e moderna infra-estrutura hoteleira." Daqui.

A cidade é maravilhosamente linda desde seu portal... (a foto que eu tirei ficou péssima, então, nada que o google não faça por mim, rs)
Até cada milimetrosinho dela... 
Tem um lago chamado Lago João Barbosa que fica bem no centro da cidade...
Tem o 1º teleférico do sistema Sesc, gente e o que é aquilo, o Sesc de lá é maravilhooosoo, na foto abaixo ele fica bem na pontinha da serra... Quando chegamos lá fomos atrás de hotéis e infelizmente ele estava sem quartos, pra se ter uma idéia o preço é muito bom para o que oferece, e se você for comerciário o preço fica melhor ainda, qualquer coisa dá uma olhada no site do Sesc Triunfo. Ficamos no "Otellin Triunph" com um atendimento excelente e as acomodações não deixaram a desejar. Só não gostamos muito da pouca opção para se fazer refeições (não sei se é porque era um Domingo!?), enfim, jantamos uma carne de sal do sol, que estava bem salgadinha sabe, rs, e pra acompanhar, aproveitando que estava bem friozinho tomamos um belíssimo vinho (desculpa de pingunço). 
Logo abaixo é a extensão do Sesc onde você pega o telégrafo para ir ao hotel e também funciona um mercadinho de artesanato (lógico que passei por lá pra comprar lembrancinhas, rs). Uma pena que não pudemos andar no telégrafo (ôunn), na Segunda feira é o dia em que eles fazem manutenção.
Tem um teatro lindo, enfim, tudo é muito bem cuidado e é uma cidade rica em cultura e história.
...Eu e maridón andando de pedalinho na lagoa.
Existem muitos outros lugares interessantes para conhecer como o museu do cangaço, a cachoeira dos pingas, o pico do papagaio e que realmente da próxima vez que andarmos por lá iremos conhecer.

Saimos de lá umas 11 hs do dia 24 rumo à Natal - RN. Segue no próximo post.

**O título do post foi baseado na música de Lenine - Lá e cá. Vocês gostaram?

Xoxo!!!

Este post pertence ao blog Palavras Traduzidas.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

04 fevereiro 2011

Metade

Não lembro se já expus minha paixão pelas músicas da grande Adri Calcanhoto por aqui! Vai ai uma música para lembrar das noites/madrugadas em que eu ligava um radinho (que eu tinha na casa da minha mãe) bem baixinho (pra ninguém ver) e encostava o ouvido pra escutar as minhas músicas preferidas que eu gravava. ***Engraçado como a gente é feliz com tão pouco!


Eu perco o chão
Eu não acho as palavras
Eu ando tão triste
Eu ando pela sala
Eu perco a hora
Eu chego no fim
Eu deixo a porta aberta
Eu não moro mais em mim...
Eu perco as chaves de casa
Eu perco o freio
Estou em milhares de cacos
Eu estou ao meio
Onde será
Que você está agora?..

03 fevereiro 2011

É preciso estar mais preparado para o ruim do que para o bom...

Ouvi muitas vezes essa frase da boca de minha mãe, acho muito correto esse pensamento e quando ela me dizia isso eu enxergava a mulher forte que ela é.... Ela perdeu sua irmã, meus avôs perderam sua primeira filha e eu perdi minha tia-madrinha... Eu estava viajando quando recebi a notícia... e hoje minha melhor amiga de infância perdeu seu pai... Na verdade devemos estar preparados para tudo, porque infelizmente somos meros passageiros nessa viagem chamada vida. É impossível ser forte numa hora dessas, mas é preciso. Hunf.


Saldo de início de ano

Depois de quase um mês "off" retorno morrendo de saudades daqui, dos comentários e das novidades de vocês (que pra vocês já são velhas mas pra mim ainda não)... E quanta coisa eu tenho pra contar...

Ahh, eu sei que vocês curtiram o último post com as guloseimas eim!! Dêxeudizer, gente meu amor pela Perini passou dos limites... Sair fotografando o balcão daquela forma? oi? kkkk. Acho que os gringos pensaram que eu nunca havia visto aquilo!

Então...

A viagem de reveillon foi maravilhosa, o reveillon foi maravilhoso. Para quem está por dentro do assunto sabe que eu não estava de férias no fim do ano, então, eu pedi que o boss me desse umas folgas que ele me devia, e me piquei! rs (foram apenas 4 dias - mas valeu muito a pena).

A segunda viagem e a "viagem de férias" foi adiada devido a problemas técnicos =P. E parece que o chefe estava adivinhando que eu ia dar atestado, kkkk, me deu 15 dias de férias. Sai de férias em um sábado, no domingo viajamos. Vivi tantas boas experiências...