22 junho 2011

7 anos - Sorte ou Azar?!

Hoje fazem 7 anos de um dos dias mais especiais da minha vida.

Não digo que depois desse dia tudo foram flores, foi fácil, porque realmente não foi. Mas há 7 anos, eu comecei a construir uma vida a dois, e construir requer muita paciência, sempre. Porque não adianta você tentar construir rápido, de qualquer jeito, você tem que construir devagar, com calma, em uma rocha firme, se não no primeiro vento, já era, tudo vai ao chão. Construir um casamento não é diferente.

Além de paciência outras coisas são importantes nessa construção.

Aceitar o outro, respeitá-lo, com todas suas manias, diferenças e até nojeiras. É importante saber que algumas coisas podem ser mudadas, outras não.
Sorrir, SEMPRE. Porque as vezes a coisa pode estar muito difícil, a grana pode estar curta, o trabalho pode estar estressante, o clima pode estar tenso. Mas porque perder tanto tempo se preocupando ou com cara fechada se você pode sorrir de outras coisas boas que acontecem e você não percebe?! Além do mais uma gargalhada daquelas espontâneas e gostosas, faz bem pra alma, pro coração.

As vezes algumas coisas podem acontecer para separar os dois, pra tentar afastar um do outro. Pode ser um problema, uma crise, pode ser até mesmo família e amigos, tenha na sua cabeça que nada, NADA pode separá-los se não permitir que assim o faça. Não se permitam que separem vocês um do outro.

Não permita que aquele brilho único que iluminam o olhar de vocês quando se encontram, se apaguem. O dia que não ver mais aquele brilho será um dia que sentarão e conversarão porque alguma das estruturas construídas podem estar abaladas.

Desejo, tesão, sexo... não é tudo em um casamento mas sejamos realistas, é uma parte muito grande aí, então não dá pra deixar essa chama se apagar, enquanto tiver fogo vá colocando palha pra aumentá-lo, sempre.

Se for pra chorar, que chorem juntos. Não importa se de alegria ou de tristeza por que os dois são inevitáveis.
E por fim, saibam que toda estrutura tem uma base, essa é a minha. Os ventos virão, fato. Mas se a base for segura e o alicerce forte, pode vir tempestade, furacão, o vento que for, que não cai, não quebra.

Fazendo uma rápida reflexão, diria que descobri um monte de coisas novas e a ser uma nova pessoa também, você vai passando pelas situações e se descobre mais forte do que imagina... muita gente me chama de sortuda, eu diria... ABENÇOADA.

E nessa nova fase maravilhosa canto bem alto com o som no último volume...

Xoxo!!!

Este post pertence ao blog Palavras Traduzidas.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Um comentário:

  1. BOM AOS SETE ESTOU CHEGANDO, AGORA EM SETEMBRO FAZ SETE ANINHOS QUE NAMORO E ESPERO QUE MUITOS MAIS SETESSSSS VENHAM TANTO PRA MIM COMO PRA VC E PRA TANTAS OUTRAS PESSOAS QUE AMAM E SÃO AMADAS POR VIVER É ISSO. UM BJÃO!!!!! E FICA COM DEUS. CRIS

    ResponderExcluir