04 dezembro 2011

Dos filhos que a gente se dá...

A mais ou menos um mês atrás após um dia normal/cansativo/estressante marido vira pra mim tira um papel do bolso e diz: - ahh, adotei uma criança! Eu pensei ãhn como assim? Mas... Ai ele foi explicando... (pausa para outra história...)

A mais ou menos um ano nós contribuimos com uma creche em um bairro bem simples daqui, são crianças carentes que por ironia ou sorte do destino pararam por ali, achei muito lindo quando marido me disse: - A gente gasta dinheiro com tanta futilidade, e essas crianças precisam tanto de tão pouco.

(despausa)

...Daquela creche, a gente adota para presentear no Natal! Que lindo não? Comprei tudo com tanto carinho para o meu filho adotivo ficar bem lindo, uma pena que esqueci de tirar uma foto da caixa pronta e confesso que estou ansiosa para conhecê-lo na festinha de Natal.

Xoxo!!!

Este post pertence ao blog Palavras Traduzidas.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário